banner180x90

Resposta ao Presidente Reagan

A historinha é mais ou menos a seguinte: Em dezembro de 1982 o Presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan, então septuagenário, visitou o Brasil. O Itamarati promoveu. dentre outras atividades um banquete com a presença do Presidente da República do Brasil e seu Ministério e alguns parlamentares do alto clero do Congresso. Lá pelas tantas Reagan já mostrava sinais de cançaso. A primeira gafe cometida foi chamar o Presidente Figueredo de “Figueroa”, tentou concertar acrescentando o “edo” após, mas a emenda saiu pior do que o soneto. Empolgado o mandatário norte-americano levantou a sua taça de champagne e propós um brinde com “um voto de felicidade ao povo da Bolívia”. Reagan percebeu o erro, gaguejou, mas corregiu em seguida “do, do Brasil”. O tradutor, para salvar as aparências, acrescentou após a palavra Bolivia “o pais que visitarei depois”. Piorou, pois a Colombia era o novo destino e convenhamos um brinde a um país vizinho naquela ocasião era um despropósito. Pois bem, a gafe diplomática repercutiu na imprensa e já no dia seguinte os jornais exibiam um anúncio com o título : “O povo da Bolivia agradece a visita do Presidente do Canadá”. Resposta que lavou a alma dos brasileiros e rendeu à Novagência e seus criadores (Carlos Chiesa e Hector Tortolano) muita mídia espontânea, o Grand-Prix do Anuário do CCSP e mais o do Prêmio Colunistas. Anúncio all type, uma obra prima de oportunidade. Confira:

Autor: Nelson Cadena